Resiliência: A Capacidade de Superação

Como Seus Pensamentos Podem Te Ajudar a Ser Resiliente

 

Passamos por muitos momentos de crise ao longo de nossa vida. Momentos de perda, de sofrimento intenso. Nos deparamos com situações inesperadas, que por vezes, parecem nos tirar a base para continuar. E como continuar? Como superar as adversidades de uma forma mais saudável e plena? 
Chamamos de Resiliência, a capacidade do ser humano em superar as adversidades e conseguir sair transformado das situações conflituosas. Muitas vezes nos deparamos com problemas inesperados e que parecem de difícil dissolução. Porém, podemos nos preparar para enfrentar e transformar as adversidades que aparecerem em nossa trajetória. 
A Resiliência é um comportamento aprendido, trata-se de habilidades que todos podem aprender a desenvolver ao longo da vida. A Psicoterapia é um processo transformador, no qual o indivíduo pode compreender as diferentes formas de superar seus conflitos. Existem diversas técnicas dentro da Psicologia que trabalham com o objetivo de promover a resiliência. Hoje, gostaria de convidar vocês para conversar sobre uma delas, que eu gosto de chamar de FORTALECENDO A MENTE.

pensamento-crítico2

 

FORTALECENDO A MENTE

Você já parou para pensar no quanto seus pensamentos interferem em seus sentimentos e ações? Não? Vamos pensar juntos então? Creio que algumas vezes já tenha tido pensamentos como: “não vou dar conta”, “não sou capaz”, “não vão gostar mesmo”, “não ia dar certo de qualquer jeito” ou quem sabe “eu sabia que ia dar errado”. Bom, pense nas situações em que esses pensamentos já vieram à sua cabeça, pense em mais de uma situação, quanto mais, melhor.

Agora gostaria que lembrasse o que normalmente sente após ter esse tipo de pensamento. Será que já sentiu tristeza, culpa, frustração ou insegurança? E você consegue se lembrar o que faz nesses momentos? Já deixou de fazer alguma atividade quando envolvido nesses pensamentos? Já mudou de idéia após ouvir essa voz interior? Creio que algumas vezes sim. Eu gosto de chamar esses pensamentos de Sabotadores. Muitas vezes eles estão lá, e aparecem sem ser chamados, também podemos chamá-los de pensamentos automáticos, porque realmente acontecem de forma inesperada.

O que pensamos influencia diretamente a nossa visão de nós mesmos e do mundo que nos cerca. Quando nossa rotina está repleta de pensamentos sabotadores é muito mais provável que numa situação difícil, como uma perda por exemplo, que respondamos de forma insegura ou pessimista. As pessoas que desenvolvem a Resiliência costumam ter pensamentos mais adaptativos, que visam possibilidades diferentes de ação. A Resiliência está muito ligada em conseguir encontrar outras maneiras de resoluções de conflito.

Meu convite para vocês é que confrontem seus Pensamentos Sabotadores com Pensamentos que gosto de chamar de Pensamentos de Gratidão. Como assim? Por exemplo, se você tiver um pensamento como: “essa empresa onde eu trabalho não me levará para lugar nenhum”, busque pensamentos positivos em relação à seu trabalho: seu salário é bom? Suas relações são boas? O que de positivo tem no seu trabalho? Seja grato à isso, verdadeiramente grato. Se tiver um pensamento parecido como: “não sirvo para nada mesmo” pense em suas qualidades e habilidades. O que já fez de bom? Desenha bem? Cozinha bem? Faz planilhas que todos admiram? Escreve bons textos? Sabe cantar? Seja grato por suas qualidades, por suas habilidades, seja grato por quem você é.

Sou grata por compartilhar com vocês..!!

 

E aí, vamos (RE)PENSAR?

🙂

Léia Faustino

Psicóloga

Anúncios