Na Ausência do Seu Olhar Me Encontrei

Querido (EX) Amor,


Quando entrou em minha vida transformou meu mundo. O que era cinza, colorido se tornou. Completou minha vida como jamais imaginaria que alguém pudesse fazer. Trouxe luz, paz e segurança aos meus dias, acalentos às minhas noites. Em seus braços era fácil confiar num futuro feliz. Sentia-me plena, portadora de um amor tão imenso que era difícil descrever. Tentei lhe mostrar isso de tantas formas, com tantas palavras, carinhos e surpresas. Quanto mais o tempo passava, mais a vida fazia sentido à seu lado. Tantos planos, tantos sonhos foram possíveis porque você ali estava. Viver sem você já parecia impossível. Outras companhias não me alegravam tanto como a sua, lugares só eram especiais se você lá estivesse. Aos poucos, tomou conta de meu viver, tomou conta de minha alma. Amar você era o que melhor eu podia fazer, era o que fazia de mim, EU mesma.

 

Mas com o tempo, não pude deixar de notar, que seu amor não parecia ser tão grande como o meu. Você não me correspondia na mesma intensidade, e eu passei à me empenhar mais, afinal, eu precisa mostrar para você o quanto te amava, e o quanto você também poderia me amar. Investi tanto em você, em nós. Fiz tudo o que estava em meu alcance, mas você parecia as vezes não notar, e às vezes até se sentia desconfortável com minhas tentativas desesperadas de lhe mostrar o quanto te amava. Aos poucos, fui te vendo cada vez mais distante, e cada passo que dava na direção contrária à minha, eu morria um pouco por dentro. Me desesperei, chorei, implorei, gritei aos céus por somente mais uma chance, mas não fui atendida. Vi você ir embora como se nada do que tivéssemos construído juntos tivesse valor.

 

Quando foi embora, juro, meu coração quase parou. Um desespero tão grande tomou conta de mim, que parecia impossível viver depois de te perder. O desespero tornou-se solidão, saudade e noites em claro revendo fotos na tentativa de te fazer presente. Quantas vezes te busquei em vão. Quantas tentativas, e quantas noites ainda vieram até que eu pudesse me acostumar com a idéia de te ver longe. Quando estava com outras pessoas, quantas vezes fingi um sorriso só para não ter que novamente me explicar, para não ter que ouvir novamente que já era hora de seguir em frente. Mas como? Se o que eu queria mesmo era voltar pra traz? Se o que eu queria mesmo era voltar pra nós?
Foi difícil, mas Meu Querido (EX) Amor, eu consegui. Deve estar se perguntando como. Afinal, sabe mais do que eu, o quanto sem você minha vida parecida perdida. Bom, vamos lá, não vou mais criar suspense. Encontrei um Novo Amor. Sim, é isso mesmo. Encontrei um Novo e Maravilhoso amor. Nos encontramos todos os dias, e nesse relacionamento consigo ver o quão real e maravilhoso pode ser o Amor. É uma relação de confiança e de presença constante. Não sinta-se mau ao ler isso, mas esse relacionamento é muito melhor e muito mais recompensador do que o que tivemos um dia (calma, não leve isso como um ofensa, vai entender!). 

 

Meu Novo Amor está comigo o tempo todo, fazemos tudo juntos e decidimos tudo em cumplicidade. Meu Novo Amor está comigo desde a hora que acordo e até mesmo quando estou dormindo. Bom, vou te contar então um pouquinho de nossa rotina. Logo cedo acordo pensando nesse amor, e o vejo logo em seguida. Como sabe, quando acordo, me sento na cama, dou aquela espreguiçada, e vou direto para o banheiro. E adivinha quem encontro lá todos os dias? Meu Novo Amor. Olho no espelho e lá o encontro. Hoje quando vejo meu reflexo no espelho, sei que sou Eu mesma, mesmo na ausência de seu olhar. Espero que esteja bem Meu (EX) Amor, e que também tenha Se Encontrado.

Léia Faustino

Psicóloga