Detox de Pensamento

Vamos (RE)Pensar a Dieta?

Quantas vezes ao fazermos dieta seguimos firmes por alguns dias, até que algo acontece e nos faz desviar de nosso foco? Brigamos com alguém, estresse no trabalho, uma saída ao final de semana, um telefonema esperado, etc. Mas quando transferimos a culpa de termos deslizado na dieta aos acontecimentos, passamos à deixar de olhar para a nossa responsabilidade diante do que aconteceu. Garanto que se tentar se lembrar da última vez em que isso aconteceu, notará que o evento que supostamente te levou a pisar na jaca, estava recheado de pensamentos auto-sabotadores. Sim! Na maioria das vezes nós mesmas sabotamos nosso processo de emagrecimento.

nutrientes-que-devem-estar-na-sua-dieta-para-uma-boa-saúde-mentalPensamentos do tipo: “sou uma gorda mesmo”, “só dessa vez não tem problema”, “semana que vem entro na linha de novo”, “eu não ia conseguir mesmo”, etc. Esses são alguns tipos de pensamentos sabotadores e eles estão muito ligados às crenças que temos de nós mesmas e do mundo. E temos que ficar de olho nelas! Esse tipo de crença é limitante, e por muitas vezes nos paralisa e nos impede de seguir com nossos objetivos. Os nossos pensamentos têm papel crucial em nossas tomadas de decisões. Então hoje convido vocês a (RE)Pensarem comigo numa estratégia de enfrentamento à esses pensamentos.

CONFRONTANDO OS PENSAMENTOS SABOTADORES

Sim, é isso mesmo: precisamos confrontar os pensamentos que estão nos limitando. Mas para isso, primeiro precisamos conhecer esses pensamentos. Então é hora de Registrar!

ETAPA 01 DA ATIVIDADE

Você irá criar Cartões de Enfrentamento. Corte uma cartolina em pedaços pequenos, mais ou menos do tamanho de um cartão de visita. Em cada um desse cartões você escreverá um pensamento que poderá te ajudar nos momentos difíceis e de conflito. Escreva pensamentos de motivação para você mesma. Coloque neles quais são as suas motivações para o emagrecimento, o que te faz querer emagrecer, a importância disso em sua vida, as conseqüências de seguir firme em seu propósito. Por exemplo: “quando emagrecer vou usar roupas que gosto”, “emagrecer me ajudará a controlar problemas de saúde”, “terei mais disposição para brincar com meus filhos”, “me sentirei mais bonita”, etc. Faça quantos puder, quanto mais: melhor. Guarde-os num lugar seguro e num local de fácil acesso, para que os utilize sempre que precisar. Sugiro que anote no bloco de notas do celular também para que possa utilizar quando estiver fora de casa (mas não deixe de fazer os cartões, mesmo que faça no celular também, o ato de Escrever é muito importante quando estamos falando em pensamento, ok?)

ETAPA 02 DA ATIVIDADE

Separe um caderno ou um bloco de notas ou utilize seu caderno de dieta caso já tenha. Todas as vezes que você tiver um pensamento sabotador, ou seja: um pensamento que te distancia do processo do emagrecimento, que te desmotiva em continuar: Anote! Você vai dividir a folha em 5 colunas:

Primeira Coluna: SITUAÇÃO – Aqui você registrará resumidamente a situação em que o pensamento ocorreu. Por exemplo: festa de casamento, briga com namorado, aumento de salário, etc.

Segunda Coluna: PENSAMENTO – Nessa coluna você irá registrar exatamente o que pensou na determinada situação. Registre seu pensamento exatamente como ele aconteceu. Por exemplo: “não tem problema comer muito hoje na festa, amanhã eu compenso comendo a metade das calorias que tenho direito”.

Terceira Coluna: EMOÇÃO – Registre seu Sentimento ao ter o pensamento. Exemplo: Alegre, triste, aliviada, satisfeita, culpada, ansiosa, apavorada, nervosa, preocupada, relutante, com medo, tímida, cansada, chateada, com raiva, frustrada, animada, exausta, solitária, sozinha, perdida, agressiva, etc.

Quarta Coluna: AÇÃO – Aqui você irá registrar qual foi o seu comportamento após ter tido o pensamento disfuncional e de sentir-se de determinada forma. Relate nessa coluna o que você FEZ. Por exemplo: “comi dois brigadeiros”, “repeti o prato de lasanha”, “me tranquei no quarto e chorei”, “aproveitei a noite e me diverti”, etc.

Faça uma análise das três colunas acima, tente ver como seus pensamentos e emoções estão ligados à forma como você age no mundo e no seu processo de emagrecimento. Anote sempre em seu caderno de dieta os pensamentos e emoções que aparecem com mais frequência, pois eles te indicarão possíveis caminhos que precisará trabalhar em você mesma.

Quinta Coluna: CONFRONTO – Essa é a coluna que é talvez a mais importante e é aquela que vai te fazer mais refletir. Aqui você irá pegar os seus cartões de enfrentamento e escolher um deles que mais possa te ajudar nesse momento a focar no seu processo de emagrecimento. Escolha o cartão, o leia para você mesmo, substituindo o pensamento sabotador por um pensamento funcional. Se não encontrar algum que consiga te auxiliar, é uma boa hora para fazer um Novo Cartão de Enfrentamento. Encontre um pensamento que te ajude nesse momento, e faça um novo cartão que se juntará aos outros. Anote também se utilizar o cartão te ajudou a continuar na dieta como planejado ou se te ajudou a voltar ao plano alimentar após um deslize. Aqui vai uma última dica do texto: se pisar na jaca, volte ao programa em seguida, não faça de um deslize o fim do seu processo de emagrecimento. Faça cartões de enfrentamento que possam te ajudar à voltar à dieta quando tiver escapado dela.

dieta-pontos

**Devemos lembrar Sempre: emagrecer é um processo. Confrontar nossos pensamentos também. Não acontecerá simplesmente da noite para o dia, mas garanto que a cada dia que exercitar, ficará mais fácil. No início pode parecer algo ‘forçado’, mas com o passar dos dias se tornará algo mais natural. Um Nutricionista e um Psicólogo podem te auxiliar bastante nessa caminhada!

🙂

Léia Faustino

Psicóloga

Anúncios