E Se Ele For Embora? E Se Ele Ficar?

.. Quando o medo de perder alguém amado invade nossos pensamentos ..

 

Passar pela experiência do luto, perder alguém próximo e amado é verdadeiramente uma das maiores dores que passamos ao longo de nossa vida. E por sabermos disso, muitas vezes antes que isso ocorra, sofremos por antecipação. Sofremos a dor de vir a perder. E nos perdemos em pensamentos como: “o que será da minha vida se ela for embora?”, “vou morrer junto com ele”, “preciso fazer alguma coisa”, “ela não pode morrer antes de mim”, “não vou agüentar”, “não estou preparado”. Esses pensamentos alimentam o medo, e trazem outros novos sentimentos, como a insegurança, a ansiedade e a desesperança. Nossos pensamentos influenciam diretamente o que sentimos e a forma como olhamos e analisamos nossa vida. 

 

A morte ainda é um tabu, pouco se fala, e pouco nos acostumamos com a seqüência natural da vida. Isso corrobora para a manutenção desse medo. Algumas vezes não olharmos para aquilo que sentimos também, precisamos nos permitir sentir, nos permitir vivenciar. Enquanto nos preocupamos com o medo de perder o ser amado, quanto tempo e energia gastamos, quando poderíamos gastar essa carga emocional vivendo ao lado dessa pessoa tão querida? 

Ao-longo-da-minha-vida-sempre-tive-medo-de-perder-as-pessoas-que-eu-amo 

E SE ele for embora? O que ficará? As lembranças ficarão, o caminho que construíram juntos ao longo da vida permanecerão em suas memórias. E que tipo de lembranças terá dessa pessoa? Qual a qualidade do tempo que tem passado com ela? O que tem feito ao lado dela? E SE ela ficar? Que tal construir boas lembranças? Estar com quem se ama, nos presentear com bons momentos ao lado de quem amamos é uma maneira de criar boas lembranças. Expressar o que sentimentos ao outro, demonstrar carinho, preocupação, um simples e verdadeiro abraço, ou quem sabe tomar um sorvete enquanto pergunta como foi o dia de quem se ama? 

 

Dar Adeus nunca será fácil, mas as boas lembranças dão sentido e fortalecem nossas relações. A saudade sempre se fará presente, mas as lembranças acalentam nossos corações e nos fazem imaginar “que tudo valeu a pena”, e que aquele que se foi ainda presente se faz em nosso coração.

🙂

Léia Faustino

Psicóloga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s